Area GT

gt da garota

gt da garota
>é uma sexta feira a noite
>la fora esta chovendo muito
>estou aqui deitado na cama de um motel de beira de estrada
>mas o que um menino de 13 anos faz em um motel?
>é complicado
>a porta abre e ele aparece
>sim, é um homem
>ele me sedou e me trouxe ate aqui
>ele para na minha frente e começa a tirar a roupa
>ele pensa que ainda estou sedado
>após tirar a camisa e fica so com a calça, ele vem para deitar por cima de mim
>quando ele se aproxima para me da um beijo, eu puxo uma faca que estava embaixo do travesseiro e corto sua garganta
>o sangue acaba espirrando na minha cara
>mas nem liguei para isso, é divertido olhar pra ele tentando conter o sangue com a mão
>ele me olha e tenta falar mas não consegue
>eu sento na cama e fico observando ele lutando para tentar ficar vivo
>não demora muito ate ele morrer
>me levanto pego a carteira dele e saio do motel, pego um taxi ate em casa
>ao chegar em casa minha tia ja esta dormindo, entro sem fazer barulho e vou pro quarto
>agora com esse ja são 7 mortos
>mas a lista ainda ira aumentar
>ainda me lembro do primeiro, a primeira vez que matei
>foi o meu pai, ele tentou abusar de min quando eu tinha 11 anos
>eu o matei com um martelo
>infelizmente demorei para fazer isso
>se eu o tivesse matada 20 minutos antes, ele não teria matado minha mãe na minha frente
>depois disso tudo eu vim morar com a minha tia
>dia seguinte, acordo com alguém me ligando
>é o fred, meu melhor amigo
>ele me deseja parabéns e diz que ta vindo me buscar para comemorar meu aniversário
>nem lembrava que era meu aniversário
>levanto da cama tomo um banho e desço para comer algo
>minha tia me da parabéns também
>não demora muito ate o fred chegar
>a gente vai ate o shopping
>andamos por algumas lojas ate parar em uma parte de jogos
>jogamos fliperama e ele perdeu todas para mim
>eu estava comprando mais ficha quando o fred aparece me chamando
>"Henrique, vou precisar de sua ajuda agora"
>"em que?"
>"encontrei uma menina gatinha e quero pegar ela, mas ela ta com amiga e você vai ter que distrair a amiga"
>eu topo
>a menina que ele quer é bem bonita, a amiga é uma 6/10
>mas mesmo assim vou junto
>ele fica conversando com a outra e eu e a brisa (nome da 6/10) ficamos meio de velas pra eles
>pergunto se ela não quer jogar the king of fighter
>ela aceita
>se eu soubesse que ela jogava pra caralho, eu nem chamava
>acabei perdendo todas para ela
>ficamos jogando mais outros jogos que nem vi as horas passarem
>o fred volta com a outra menina, boca toda suja de batom
>se deu bem demais
>a gente se despedi das meninas vai embora
>agradeço ao fred pelo dia e vou para casa
>fazia tempo que não tinha tido um dia tão bom assim
>deitado na minha cama ouvindo eminem
>fico olhando para o teto pensando em algumas coisas
>muitas coisas
>minha cabeça esta confusa
>eu não deveria estar assim, meu dia foi tão foda
>eu deveria estar feliz
>mas os pensamentos não deixa
>aumento o volume da musica e vou ate a cozinha
>pego o saco de pão, e queijo e presunto
>falta a faca para passar manteiga
>eu poderia acaba com esses pensamentos todo
>so basta eu contar minha garganta com a faca
>aproximo ela do meu pescoço
>"Henrique, larga isso"
>tomo um susto e deixo a faca cair, minha tia chegou bem na hora
>"desculpa tia"
>ela me abraça e começa a chorar
>"eu pensei que você ja tinha parado de pensar nisso, vc não tomou seus remédios?"
>digo a minha tia que não irei mais fazer isso e aos poucos ela se acalma
>1 semana depois
>estou no quarto mexendo no computador
>entrei em um desses chats da internet
>e estou conversando com um tal de "Ronaldo"
>provavelmente sera o próximo que irei matar
>o desgraçado tem 49 anos e mesmo eu falando que so tenho 14, ele quer me ver
>meu celular toca, é o fred
>manda eu me arrumar que vai passar para me buscar
>nem explica para onde vamos
>30 minutos depois ele aparece
>no caminho ele falar que vamos em uma festa e que a menina que ele tinha pegado no shopping esta la
>mas porque caralhos eu tenho que ir
>ele diz a brisa tinha gostado de mim
>chegando na festa a gente ja encontra elas
>o fred ja da um sumiço com a menina e eu fico com a brisa
>bebidas, musica alta
>eu quase não ouvia o que a brisa falava
>nos dois estávamos achando a festa uma bosta
>ela da uma ideia de irmos na casa da amiga que mora perto
>os pais da amiga não estão
>então deu para entrar de boa
>fomos para o quarto
>musica baixinha bem melhor para conversar
>"fred me disse que você tinha gostado de mim"
>ela ficou tímida nesse momento
>demorou um pouco ate abrir a boca e falar algo
>"acho que sim"
>"como faço para você ter certeza"
>mais uma vez ela fica calada
>lembro do fred falar que mulheres gosta de caras com atitude
>então resolvo da um beijo nela
>o fred estava certo
>ficamos a noite toda ali no quarto
>mas não passou de beijos
>1 mes depois, hoje é uma dia especial
>vou comemorar 1 mes de namoro com a brisa e o fred vai comemorar 1 mes também com a julia (a amiga)
>decidimos ir todos ao fliperama onde nos conhecemos
>e mais uma vez perdi todas para a brisa
>ela joga muito
>ja esta de noite quando a julia entrega uma chave a brisa
>o fred me entrega uma camisinha
>é que hoje marcamos de transar pela primeira vez depois de 1 mes de namoro
>meu coração esta muito acelerado
>ao chegar na casa da julia, eu e a brisa vamos ate o quarto
>a gente começa a se beijar
>mas não sabemos o que fazer depois disso
>eu nunca fui de assistir muito porno
>mas lembro de algumas coisas
>deito ela cama e tiro sua roupa
>a gente acaba fazendo uma posição meio estranha, mas tudo acaba dando certo
>não demorei muito a gozar
>mas também ja estava duro de novo
>de segunda vez tudo foi melhor
>eu amo essa menina
>2 semanas depois, estou no meu quarto conversando com a brisa pela internet
>quando surge uma mensagem
>é do Ronaldo, nunca mais tinha falado com ele
>depois de conhecer a brisa eu tinha esquecido isso de matar pedofilos
>alguns problemas meus ate passaram
>ele me manda outra mensagem "saudades de falar com você meu garotinho"
>acho que ele pode ser o ultimo
>depois dele eu paro com isso
>começo a conversar com ele
>e marcamos para nos encontrar pela tarde do dia seguinte
>marcamos em um bar perto do meu colegio
>ao chegar ele ja estava la
>comprimento ele e começamos a conversar
>me faço de desentendido
>e ele fica falando sobre jogos e desenhos
>mesmo papo dos outros caras que matei
>digo que vou no banheiro
>ao chegar perto do banheiro fico meio escondido olhando ele
>percebo a hora que bota algo no meu refrigerante
>espero um pouco e volto para mesa
>finjo que bebo o refrigerante
>10 minutos depois começo a fazer que estou com sono
>"não que ir ate minha casa, la tem jogos"
>ele me pergunta, e eu aceito
>entramos no carro e eu fui fingindo estar com sono
>ate que apago
>ouço ele falar "deu certo"
>ele para o carro e me carrega
>ate que ele para e me deita na cama e sai do quarto
>pego a faca no bolso e vou para tras da porta
>demora uns cinco minutos ate ele voltar
>ele abre a porta e fica surpreso por não me ver na cama
>dou duas facadas na batata da perna dele
>ele cai ajoelhado
>"esta surpreso?"
>"o que você esta fazendo garoto?"
>ele tenta levantar para me agarrar
>nesse momento dou uma facada na barriga dele
>no mesmo momento ele caiu no chão
>"me espera aqui, não sai por favor"
>dou mais duas facadas na perna dele para ter certeza que ele não vai sair
>desço as escadas da casa e vou ate o quarto de ferramentas da casa
>achei
>pego uma marreta e volto para o quarto
>um rastro de sangue pelo chão, ele tentando se arrastar ate o telefone que esta perto da cama
>"eu pedi para você não sair"
>dou uma marretada na perna dele
>ouço o barulho do osso quebrando
>saudades de fazer isso
>"sabia que tem uma veia na sua coxa que se eu furar ela vai vazar sangue ate você morrer?"
>"não faz isso comigo garoto, pode ir embora"
>pego a faca e tento achar a veia na coxa dele, quando dou a facada o sangue começa a espirrar
>minha roupa que era branca fica vermelha de tanto sangue
>ele tenta desesperadamente conter o sangue
>sento na cama e fico olhando a cena
>ate que ele começa a perder os sentidos
>chegou a hora
>pego a marreta e acerto em sua cabeça
>e depois continuo marretando sua cabeça
>ate o seu cérebro fica exposto
>a cada batida mais eu ficava feliz
>ate que porta do quarto abre
>"papai, cheguei do colégio"
>o que a brisa esta fazendo aqui
>Atenção todo conteúdo deste post é 100% falso, são apenas historias inventadas, JAMAIS tente fazer o que contém nessas historias porque isso é crime, e os organizadores do site não fazem qualquer tipo de apologia ao crime, inclusive nossa conduta é oposta a da pratica do crime.

gt da garota

Deixe uma resposta