Area GT

gt do assassino

gt do assassino
>ola
>me chamo Erick
>sou um garoto qualquer de apenas 14 anos
>passo praticamente o dia todo jogando no pc
>não sou muito de sair e fazer amigos
>só tenho um amigo com quem eu falo
>vamos chama-lo de fumaça
>deram esse apelido por ele ser negro
>ele é como eu, não tem muitos amigos
>na escola sofremos muito bullyng
>pois somos "estranhos"
>ele mais ainda por ser negro
>mas não damos a foda, vivemos tranquilo
>os dias passam
>e algo estranho acontece
>eu estava dormindo
>quando fumaça começa a me mandar varias mensagens
>acordei assustado
>pois era fucking 03:30 da manhã
>"Erick, eu preciso da sua ajuda"
>"Acorda mano, eu não tenho mais tempo, você precisa me ajudar"
>eu estava meio tonto de sono
>oque diabos pode ser tão urgente pra me fazer acordar a essas horas
>"oque aconteceu mano, oq você quer?"
>"Você tem que sair aqui pra fora, mas tem que ser agora"
>wtf
>oq esse doente quer comigo la fora
>mas deve ser importante
>entao troco de roupa e desço
>quando chego lá
>fumaça esta na porta todo ensanguentado e machucado
>"meu Deus cara, oque aconteceu com você? Você ta bem ?"
>logo entrei em casa e acordei meus pais
>eles acordaram assustados com os gritos
>"chama uma ambulancia, rapido, ele ta muito mal"
>meus pais conheciam o fumaça
>e gostavam dele por ele ser o meu único amigo
>perguntei o que houve varias vezes pra ele
>mas ele não me respondia
>ele não respondia ninguém, na verdade
>ele estava paralisado
>"oque aconteceu cara, você tem que me contar pra podermos ajudar"
>fumaça estava muito ferido
>parecia que tinha brigado e apanhado feio
>depois de um tempo ele resolve falar comigo
>ele estava muito em choque
>eu nunca tinha visto alguem assim
>"ele... ele..."
>"ele quem? quem fez isso com você?"
>"meus pais... ele matou meus pais"
>"do que você ta falando cara? o que aconteceu com seus pais?"
>depois de alguns minutos
>antes da ambulancia chegar
>fumaça me contou oque havia acontecido
>um cara invadiu a casa dele
>e... assassinou seus pais na sua frente
>fumaça não conseguiu ver o rosto dele
>pois o assassino usava uma mascara que escondia tudo
>fumaça conseguiu escapar pela janela e saiu correndo
>eu estava em choque também
>fumaça não conseguia mais falar
>a ambulância e a policia chegaram
>fomos ate o hospital, e internaram ele
>fumaça estava com muitos machucados
>mas estava fora de risco
>depois de alguns dias ele recebeu alta
>e fomos até a delegacia
>ele ja estava muito melhor
>e contou tudo aos policiais
>com as descrições que fumaça deu
>a policia disse que se tratava de um serial killer
>ele ja tinha feito outras 4 vitimas na cidade
>4 vitimas em 4 meses
>a policia entrou mais afundo nas investigações
>e levou mais a serio o caso
>pois acreditava mesmo no fato de ser um serial killer
>fumaça não tinha outros parentes
>era apenas ele,seu pai e sua mãe
>conversei com meus pais
>e decidimos adotar ele
>depois disso a gente se mudou de cidade
>os anos se passaram
>e até agora não há mais pistas sobre quem matou os seus pais
>parece que o serial killer parou com os crimes
>talvez ele nem existisse
>e as mortes foram coincidência
>ja se passaram 3 anos desde o ocorrido
>e vivemos muito bem
>hoje nós dois temos 17 anos
>e estamos nos preparando para a faculdade
>superamos oque aconteceu no passado
>e hoje passamos na prova de uma das melhores faculdades da cidade
>minha amizade com fumaça aumentou muito
>nos consideramos irmãos
>sempre ajudamos um ao outro
>infelizmente
>meus pais se divorciaram
>e estamos morando apenas com minha mãe
>mas ja estamos combinando de alugar um apartamento aqui perto
>a faculdade começa em 4 meses
>vamos cursar advocacia juntos
>tudo parece estar indo otimo
>bom, até agora
>é 03:30 e o telefone toca
>eu levanto e vou até a sala atender
>"alô?"
>o telefone fica mudo por 5 segundos
>e então uma voz estranha fala
>"vocês acharam mesmo que conseguiriam escapar tão facil assim?
>"quem é você? Quem ta falando?
>e então, o telefone desliga
>fico puto e com medo ao mesmo tempo
>mas acho que era apenas algum idiota passando trote
>no outro dia
>fumaça pergunta quem era no telefone
>falo que não era ninguem e que era apenas um trote
>os dias passam
>e não ligaram novamente
>eu sei que não era nada mas fico com isso na cabeça
>passam-se algumas semanas
>estou em casa quando ligo a tv
>algo que me deixa apavorado
>"familia é brutalmente assassinada, e não há suspeitas do assassino"
>desligo a tv na hora
>sei que pode ser só uma coincidência
>mas eu fiquei realmente assustado
>eu não comento isso com fumaça
>pois não queria fazer ele lembrar disso
>então, sigo minha vida normalmente
>porem isso não sai da minha cabeça por nada
>penso que tenho que sair pra esquecer um pouco isso
>vai ter uma social aqui perto
>chamo fumaça pra ir
>mas ele recusa
>diz que esta cansado e vai ficar em casa
>cansado do que? ele nunca faz nada
>mas não dou a foda, deve ser só uma desculpa
>fumaça nunca foi de sair e socializar
>chego na festa
>só depositos 8/10 a 10/10
>durante esse tempo
>fiz varios amigos
>não sou mais um beta
>mal chego e um parceiro meu ja me da um copo de vodka
>eu nunca fui de beber
>mas eu preciso aliviar a cabeça
>nem penso muito e viro o copo de vodka
>cheguei em varias depositos
>mas fiquei apenas com uma
>acordo no outro dia
>deitado no chão da casa
>tem gente pra todo lado e a casa ta uma bagunça
>eu não lembro de nada
>devo ter bebido tanto que apaguei
>me arrumo e vou pra casa tomar um banho
>quando estou saindo do quarto
>fumaça aparece do meu lado
>"eai, como foi a festa?"
>tomo um susto do krl
>"ah, foi bem legal até"
>"que bom que se divertiu"
>ele nao disse mais nada e saiu
>não ligo muito
>ele sempre foi meio estranho mesmo
>preparo meu café e ligo a tv
>"outro assassinato ocorre na cidade, um homem e uma mulher foram esfaqueados até a morte"
>"a policia começa a suspeitar de um serial killer"
>derrubo meu café no chão e fico paralisado
>"não pode ser, isso não pode estar acontecendo de novo"
>chamo fumaça pra conversar
>e conto tudo pra ele
>ele diz que ficou sabendo
>mas não contou para nao me deixar preocupado
>disse que deve ser coincidência e que é pra deixarmos isso de lado
>concordo e vou pra escola
>o dia passa normal e nada demais acontece
>chego em casa e vou deitar
>no outro dia
>outra noticia de assassinato na região
>e esses crimes continuaram por semanas
>com certeza não é coincidência
>eu e minha mãe estamos muito assustados com isso
>fumaça diz que tambem esta com medo mas prefere não pensar nisso
>digo que tudo bem e vamos dormir
>ate que eu escuto um barulho estranho na porta
>acordo e vejo no relogio
>são exatas 03:30 da madrugada
>penso que foi só o vento e volto a dormir
>mas escuto outro barulho
>e então escuto passos no corredor
>tem alguem na minha casa
>estou morrendo de medo
>escuto minha mãe descendo as escadas e perguntando se sou eu
>de repente ela para de falar
>levanto e abro a porta
>quando acendo a luz
>minha mae esta caida no chao com a garganta cortada
>entro em desespero e começo a chorar
>fumaça escuta o barulho e vem ver oq aconteceu
>ele fica apavorado
>pego meu celular e vou chamar a policia
>quando de repente
>todas as luzes se apagam
>a gente se esconde e ele começa a chorar
>falo pra ele calar a boca
>um homem alto aparece e fica parado no meio da sala
>ele começa a rir alto
>e fala que nos somos os próximos
>fumaça não aguenta e pula em cima dele
>os dois começam a lutar
>mas ele tem uma faca
>ele acerta fumaça na barriga
>eu corro ate a cozinha e pego uma faca
>fumaça ta caido no chão e perdendo muito sangue
>o homem anda ate ele e da uma facada na sua perna
>eu estou parado com a faca na mão
>não consigo reagir
>o homem não para de dar risada
>ele esta com uma mascara
>ele diz que vai matar fumaça
>e eu serei o próximo
>então ele da mais um passo
>quando ele vai dar uma facada no pescoço do fumaça
>uma raiva enorme surge dentro de mim
>eu corro ate ele por trás
>dou uma facada nas suas costas e ele cai
>eu subo em cima dele
>e começo a dar varias facadas em todo seu rosto
>mesmo ele morto eu não paro
>eu corto ele todo em pedaços
>estou sentindo algo que nunca senti antes
>eu
>eu estou gostando de fazer isso
>estou esfaqueando ele a uns 5 minutos
>estou sentindo prazer nisso
>minha cara esta cheia de sangue
>e meus olhos brilham
>fumaça me empurra pro lado
>ele esta assustado
>eu estava realmente gostando de matar aquele homem
>fumaça me pergunta oq aconteceu comigo
>eu não consigo explicar
>mas eu preciso de mais
>minhas mãos estao tremendo
>mas não é de medo
>é como se fosse
>abstinência
>eu precisava continuar
>fumaça esta caído no chão
>esta perdendo muito sangue
>ele me pede ajuda
>mas eu fico parado na frente dele
>minha boca esta salivando
>eu estou sorrindo para ele
>tem uma faca na minha mão
>ele começa a ficar mais assustado ainda
>eu ando ate ele
>"oque aconteceu com você Erick, porque você esta rindo desse jeito?"
>"fique calmo meu amigo, eu irei te ajudar"
>eu ando ate ele
>ele me perde pra largar a faca
>eu dou um chute no seu rosto
>e pulo em cima dele
>ele começa a gritar
>e isso esta me dando mais prazer
>começo a esfaquear ele também
>eu estou gostando mais ainda
>depois de um tempo eu paro
>largo a faca e olho em volta
>meu melhor amigo
>minha mãe
>e um homem
>estão mortos na minha frente
>mas eu estou rindo
>eu estou feliz
>"oque foi que eu me tornei?"
>a única coisa que sei é que
>eu gostei
>e preciso de muito mais..."

>Atenção todo conteúdo deste post é 100% falso, são apenas historias inventadas, JAMAIS tente fazer o que contém nessas historias porque isso é crime, e os organizadores do site não fazem qualquer tipo de apologia ao crime, inclusive nossa conduta é oposta a da pratica do crime.

gt do assassino

3 comentários em “gt do assassino

  1. 19 de dezembro de 2017 às 16:39

    ficou dahora

  2. 20 de dezembro de 2017 às 22:00

    ficou foda men!

  3. 25 de janeiro de 2018 às 16:31

    valeu!

Deixe uma resposta